Pular para o conteúdo principal

Atestado de Ideologia Política: repressão e ideologia política na ditadura militar (1964-85)


O presente trabalho tem o objetivo de identificar a alguns aspectos da ação de vigilância social do aparato repressivo, no Espírito Santo durante a ditadura militar sobre a sociedade capixaba, em especial, na vida de pessoas que não militaram em organizações políticas ou em movimentos sociais. Por meio da análise de documentos relativos à emissão do atestado de ideologia investigamos o papel da polícia política no âmbito da produção de informações e produção de documentação sobre a vida das pessoas como parte da repressão que se realizava sobre o conjunto da sociedade com vistas a anular a expressão e a circulação de ideias contrárias ao regime militar.

No presente, a emergência do “consenso neoliberal” traz à tona, novamente, o problema da ideologia única. A estrutura institucional da democracia e da liberdade promovida no ocidente se choca com o Estado de ideologia única que, em harmonia com os imperativos do capital, promove a redução da democracia ao pleito eleitoral dominado por partidos políticos submissos ao capital (MÉSZARÓS, 2012, p.14). A tendência à uniformidade ideológica e política com vistas a suprimir movimentos contrários à síntese liberal-conservadora da direita política pode ser verificada no Brasil no movimento organizado Escola Sem Partido, que reúne organizações não-governamentais, partidos políticos, empresários, religiosos, entre outros, na luta contra o que eles chamam de doutrinação ideológica.

[continua...] clique no link a seguir para continuar a leitura... Texto completo


LEMOS, Amarildo Mendes. Atestado de Ideologia Política: repressão e ideologia política na ditadura militar (1964-85). In: PEREIRA, André Ricardo V. V.; PELEGRINE, Ayala Rodrigues O.; ALMEIDA, Dinoráh Lopes R.; DAMARTINI, Márcio G.; MARTINS, Maro L.;  FAGUNDES, Pedro Ernesto; BRITTO, Rossana G. (orgs.). Das utopias ao autoritarismo: historiografia, memória e cultura. Serra: Editora Milfontes, 2019.

Obra completa no link:  https://editoramilfontes.com.br/acervo/Das%20utopias%20ao%20autoritarismo.pdf

Comentários